13.1.12

deixem-me viver !


Estou farta desta vida de merda.
Sinto que fazem de tudo para me verem infeliz. É mesmo isso que querem? É assim tão difícil de obter a paz que eu quero, que eu preciso? Sou uma adolescente, uma adolescente frustrada, difícil, decidida e livre. É isso que eu quero, só isso que peço: liberdade. Já me deram provas mais do que suficientes de que não me pretendem conhecer, sendo assim, deixem-me conhecer-me. Deixem-me cometer erros e aprender com eles, não tentem privar-me de fazer experiências porque mais cedo ou mais tarde vocês já não estarão presentes. Vocês não sabem como é, passar os dias a forçar sorrisos e a fingir estar bem, quando na verdade um mar de incertezas, desilusões e receios inunda a minha complexa mente e me apaga por momentos a perceção da realidade. Vocês não sabem, porque quando chego a casa, a minha casa , só quero um pouco de paz e preocupação. Quando quero que me sufoquem com abraços, sufocam-me com reclamações desnecessárias, quando quero que me deixem sozinha, privam-me de tudo o que me faz feliz. Já não peço que confiem em mim. Confiem em vocês. Acreditem que a educação que me deram e tudo o que me ensinaram fará com que eu não cometa os erros que vos assombram.
Eu já não sou uma menina pequenina.
Mas, de certa forma, serei sempre a vossa menina pequenina... que cresceu.

2 comentários:

  1. isto faz-me lembrar tanto os meus pais...

    ResponderEliminar
  2. adorei , tens que ter força . tás na mesma situação que eu .

    ResponderEliminar