18.6.12

lock our love


A chama arde de forma tão ligeira que mal notamos a presença da luz que rasga o ar.
Parece ter medo de se acender de novo, de alguém notar a sua presença. Parece sentir um medo incontrolável de que alguém sopre o seu fogo e o apague, por isso arde com receio. Arde baixa e fraca, como uma criança que canta para afugentar os seus medos mais terríveis, mesmo sem deixar de lado a hipótese de ser por eles aprisionada.
Aquela flor seca, cujas pétalas dançam, pendentes, ao sabor do perigo, fecha-a. Aquele cristal quebrado que transforma um raio de luz em mil e um de cores brilhantes e vivas, tranca-o. Aquele caderno cujas folhas foram rasgadas, arrancadas pela fúria e deixadas ao abandono, guarda-o.
Prende o que nos resta numa caixa pequena e guarda-a dentro de uma maior. Não são necessárias esmeraldas a enfeitar o topo ou bordas de ouro e prata entrelaçados: só preciso de segurança, de um aloquete forte de ferro, forjado de forma a proteger-nos contra o frio, a chuva, o gelo e os relâmpagos.  
Preciso de sentir, no teu peito quente e forte, o bater apressado e, ao mesmo tempo, tranquilizante de um coração demasiado magoado para amar com a mesma intensidade que um dia amou.
Beija-me os olhos, escuros como as trevas, que um dia brilharam por um vislumbre dos teus.
Beija o corpo que um dia deste graças por te pertencer e tranca o nosso amor numa caixa escondida em forma de coração.


8 comentários:

  1. Adoro...está tão profundo, como a tal chama que arde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois, começo a duvidar dessa chama, porque um fogo não pode arder pela metade.

      Eliminar
  2. está tão profundo, amor, depois tanto sentimento afijsfjaskfa aifiasfasfa amei, escreves tão bem, és capaz de ser a melhor rapariga da tua idade e das mais velhas, so, mete prego a fundo nisso e escreve um livro que eu quero gastar o dinheiro dos meus anos ok ? ok .

    ResponderEliminar
  3. Está perfeito. Talvez perfeito não seja bem a palavra certa porque não há palavras perfeitas para quem as lê, a não ser se for lido para quem se dirigem ou por quem as escreve - que sabe perfeitamente o sentimento, a emoção que coloca em cada letra, ou mesmo em cada reticência ou ponto final. Diria que está muito expressivo... dás-nos a entender de uma maneira forte aquilo que sentes e talvez a tua vontade de um eterno. Parabéns, continua porque tens bastante jeito :)

    ResponderEliminar